Loading....

Pela revogação do toque de recolher no centro leste!

Pela revogação do toque de recolher no centro leste!

Assinaram: 2835Meta: 3000

O governo Topázio editou novas regras que limitam o funcionamento de bares e restaurantes no centro-leste da cidade! As medidas reduzem o horário de funcionamento, o uso de som, seja externo ou interno, em toda a região. As regras, estranhamente, valem apenas para uma pequena região da cidade, prejudicando os comerciantes locais.

Mais uma vez, Topázio não dialogou com os comerciantes e os frequentadores da região. E mais uma vez, Topázio cria regras que só valem pro centro leste. Ou não tem barulho que incomoda os vizinhos na rua Bocaiuva, em Coqueiros, na Lagoa da Conceição e outros bairros?

A ascensão da vida noturna no Centro Leste revitalizou essa região que estava abandonada pelo governo. Não somos contrários a regras de funcionamento e horários, mas deve haver isonomia de tratamento por parte do governo. Caso contrário, a ação da Prefeitura parece ter a intenção de prejudicar bares e restaurantes de uma região em detrimento de outra, o que seria ilegal e inconstitucional. Da mesma forma, a Prefeitura não pode penalizar os bares por eventuais transtornos causados por terceiros, quando os etabelecimentos já estão fechados. A Prefeitura precisa fazer o seu trabalho e fiscalizar, e não sufocar economicamente a vida noturna do centro leste.

Neste sentido, pedimos a revogação do decreto nº 26.232/2024 e uma abertura de diálogo com todas as partes envolvidas para definir quais regras e horários serão aplicados em toda a cidade.

Assinaram: 2835Meta: 3000

Autor: Leonel Camasão

ASSINE A PETIÇÃO

Sua participação é fundamental nessa luta!

2835 pessoas encamparam essa iniciativa.

Participe você também!

Compartilhe!

Ajude a ampliar essa causa!

  • Maikon Andretti dos Santos
    Sc

    Assinou

  • FAUSTO ALCANTARA DE LIMA JUNIOR
    Sc

    Assinou

  • Eleonora Casali
    Sc

    Assinou

  • Eleonora Casali
    Sc

    Assinou

  • Jade Lenz
    Sc

    Assinou

Back To Top